PROPOSTA PEDAGÓGICA
| Wednesday, 28 Outubro 2015 |

PROPOSTA PEDAGÓGICA

Rate this item
(0 votes)

Numa sociedade midiática, com uma tendência à supervalorização da forma em detrimento do conteúdo.

CONHECIMENTO CRÍTICO


Numa sociedade midiática, com uma tendência à supervalorização da forma em detrimento do conteúdo, o conhecimento se torna mais processual e disponível fora dos limites da escola e muito além da linguagem dos livros. Esse novo conhecimento nos desafia a manter um processo constante de diversificação tecnológica de linguagens e instrumentos de saber e ao mesmo tempo nos remete a nossos princípios a respeito de como lidar com o que se conhece. A relação do aluno com o conhecimento tal qual a compreendemos é sempre ativa e pressupõe independência e criação. Mais que um conjunto organizado e efêmero de informações, a formação intelectual busca estimular a investigação crítica, o saber em profundidade e o conhecimento plural. No Ensino Médio do colégio Neruda, essa relação com o conhecimento se reveste de um caráter mais sistemático e exigente, na medida em que o educando desenvolve sua disciplina consciente e sua autonomia criativa. O conhecimento crítico se liga aos objetivos dos diversos componentes curriculares. Trata-se, é importante ressaltar, de conhecimento qualitativo, que estimula no aluno sua consciência do real, a expressão de seu pensamento e sua atuação no mundo como sujeito. Trata-se de conhecimento plural: o saber abrangente que rejeita ideias preconceituosas e pensamentos dogmáticos. São a atitude crítica, o respeito à diversidade de pensamento e o amor à vida que iniciam o aprendizado gradual e responsável da liberdade.

DESCOBERTA DE SI MESMO


Consideramos que a aprendizagem no Ensino Médio não deve se amoldar apenas às exigências dos vestibulares, ou corresponder meramente a um curso preparatório para o ingresso no Ensino Superior. Tão importante quanto ensinar e dar uma boa formação que aprimore o raciocínio e a postura crítica é a tarefa educativa de preparar o aluno para compreender e viver as transformações e dificuldades de seu tempo. O futuro de nossos educandos não deve ser só uma profissão, porque a vida é mais que o mundo do trabalho: para que um ser humano atinja sua plenitude, integrando-se a uma comunidade e assumindo em consequência um papel social construtivo e crítico, tanto a inteligência quanto a criação individual devem estar a serviço de algo maior e mais definitivo: o bem comum.

CIDADANIA


Um dos pilares do projeto educacional do Colégio Pablo Neruda consiste no desenvolvimento da consciência e da ética da solidariedade. Formar uma juventude é buscar incessantemente o compromisso com o outro, com sua comunidade, com seu país. Esse vínculo permite a gradativa sensibilidade aos problemas sociais e o pensamento crítico com relação à realidade e às injustiças sociais. Ao mesmo tempo, aponta para a construção de uma realidade diversa, respeitando-se as diferenças e aprendendo-se a conviver, com uma atuação prática e política de verdadeiros cidadãos.

Read 465 times Last modified on Wednesday, 19 April 2017